Moda, medalhas e Oktoberfest: o que rola no setor cervejeiro de BH

Sem categoria , , , , , , , ,

Moda e cerveja combinam sim senhor. Quem duvida, pode participar do encontro que reúne grandes designers mineiros, criações exclusivas, público antenado e, claro, as melhores cervejas artesanais em só lugar. Este é o foco da Beer Fashion Week que será realizada no Mercado Cervejeiro (MC) nos dias 19, 20 e 21 de outubro. O evento é aberto ao público, com exceção da Roda de Conversa que possui vagas limitadas com inscrições via Sympla.

Goa Óculos Artesanais – 2017 © Flávio Charchar

A Roda de Conversa tem como convidada especial Kátia Pêgo, Doutora em Design Sistêmico, e acontece na sexta-feira (19/10), a partir das 19h. Ao lado de convidados profissionais da área, ela pretende debater sobre a aplicabilidade e as possibilidades do design sistêmico e sustentabilidade no universo da moda.

Os idealizadores da Beer Fashion Week são o Mercadocria e o Desvelocita, com apoio da FHouse, que criaram este evento, inicialmente com três dias de duração, com intuito de que cresça com o tempo e se torne em breve uma semana inteira. Seu propósito é reunir designers e produtores de moda local e falar sobre design e sustentabilidade e também apresentar ao público as suas criações especiais. Serão exibidas aos todo 14 marcas, entre elas: I AM T-Shirts, Lote, Fun’s Bag, Ateliê Criativo, Goa Óculos de Madeira (foto de Charchar, em destaque), Fê Guimarães e Ametista Ateliê.

“O Mercado Cervejeiro representa um lifestyle contemporâneo, que resgata a qualidade do que consumimos, os sabores e talentos locais, fomentando a economia de um território e sua comunidade.  A Cerveja artesanal abre as portas do Mercado Cervejeiro para a gastronomia, arte, cultura, design, moda em todos os seus aspectos de um novo tempo”, explica a idealizadora do Mercado Cervejeiro, a empresária Fernanda Ribeiro Massote.

Paralelamente à Beer Fashion Week, será realizada a primeira Oktoberfest do Mercado Cervejeiro, o que possibilitará uma mescla de públicos e uma harmonização entre dois temas que são perfeitos juntos: Moda e Cerveja.

 

Beer Fashion Week
Datas e horários:
19/10 – sexta-feira – das 17h às 23h
20/10 – sábado – das 11h às 23h
21/10 – domingo – das 11h às 18h
Roda de Conversa: 19/10 – a partir das 19h – http://www.sympla.com.br/design-sistemico-e-sustentabilidade-com-katia-pego-e-convidados__377860
Local: Mercado Cervejeiro
Endereço: Avenida Montreal, 232, esquina com Rua Ontário – Jardim Canadá – Nova Lima
Foto de divulgação das marcas

 

E para quem quer provar cervejas premiadas, as sugestões são:


– CERVEJARIA BACKER – comemora a medalha de bronze para sua já premiadíssima cerveja Bravo, na Copa Cervezas de America 2018. A Bravo ganhou o terceiro lugar na categoria Wood-Aged Beer e, com esta premiação, acumula sua 19ª medalha para a Backer. A lista das vencedoras foi divulgada diretamente de Santiago no Chile. O nome já diz bastante sobre sua personalidade. A cerveja Bravo é uma Imperial Porter extremamente complexa e intensa que leva em sua receita maltes tostados, açúcar mascavo e passa por um período de maturação em madeira umburana. Robusta e aveludada, ela traz notas amadeiradas, de canela, melaço e chocolate amargo. Possui 42,5 IBU e 9% de teor alcoólico. Esta é a 19ª premiação desta cerveja que também foi eleita a Melhor Strong Porter do Brasil no World Beer Awards 2018 e também em 2017, além do South Beer Cup de 2017 e 2016 e platina no Mondial de la Bière em 2016, entre muitos outros.

Cervejaria Backer- Rua Santa Rita, 220 – bairro Olhos D’ Água – BH, Mestre-cervejeiro: Sandro Duarte.  www.cervejariabacker.com.br

 

– KRUG- A Krug Bier volta de Santiago do Chile com mais uma importante medalha para sua coleção. A Belgian Tripel “Inocência” foi considerada a melhor Triple das Américas e voltou para casa com a medalha de prata – máxima premiação neste caso em sua categoria – na Copa Cervezas de América 2018. Esta é a terceira premiação de grande relevância para esta cerveja, que ganhou também em março deste ano a prata em Blumenau e venceu, em 2017, como melhor rótulo na Labelexpo Europe 2017, realizada em Bruxelas (Bélgica). A Inocência, uma das oito integrantes da linha Expressionista da Krug Bier, é uma cerveja do estilo Belgian Tripel, que tem aroma complexo de fenóis que remetem a cravo e canela. Apresenta um fundo de frutas amarela com médio amargor e ótimo drinkability. Seu teor alcoólico é de 8,0% e seu IBU de 27. Para harmonizar, ela combina perfeitamente com risoto de brie com damasco, pato confitado e torta de frutas cítricas com merengue.

– Falke Peregrinus- A Falke Bier comemora a primeira medalha de sua Falke Peregrinus, conquistada durante a premiação da Copa Cervezas de America 2018, realizada em Santiago (Chile). A cerveja ganhou a prata na categoria American Pale Ale. A receita da Falke Peregrinus foi desenvolvida por Max Falcone que é filho de Marco Falcone, proprietário e cervejeiro responsável pela Falke Bier. A cerveja é uma American Pale Ale (APA) muito refrescante e aromática e com corpo leve, o que a deixa com um alto drinkability. Para isso, foi utilizada uma combinação de lúpulos Mosaic e Equinox, que são extremamente aromáticos, conferindo à cerveja notas de frutas cítricas, de casca de limão, lima, menta, maçã e mirtilo. Seu amargor é moderado e mais equilibrado; o teor alcoólico é de 5,4% e seu índice de amargor (IBU) é 34.A inspiração para o nome é uma espécie de falcão chamado Falcão-peregrino (falco peregrinus), o que também remete a uma longa viagem que o jovem cervejeiro realizou anos atrás, junto a seu irmão, Tiago Falcone, partindo de bicicleta da Itália, atravessando a Alemanha, Bélgica e chegando na Inglaterra, tendo visitado inúmeras cervejarias, maltearias e fazendas de lúpulo no caminho.

A Copa Cervezas de América é um concurso internacional, onde participam cervejas de todo o continente Americano e as que mais se destacam são premiadas com medalhas de ouro, prata e bronze. O concurso atua como uma plataforma anual de encontro da cultura cervejeira latino-americana, promovendo e proporcionando o intercâmbio de conhecimento entre os expoentes do meio. Juízes renomados, mestres cervejeiros e amantes da cerveja de todo o continente reuniram-se de 08 a 13 de outubro na cidade de Santiago (Chile) para o evento.

Já a Prussia Bier comemora quatro anos de vida com uma grande celebração cervejeira. Anotem na agenda, pois no dia 17 de novembro (sábado) a cidade de São Gonçalo do Rio Baixo (região Central de Minas Gerais – 88 quilômetros de Belo Horizonte) vai ferver com a grande festa em celebração aos quatros anos de vida da Prussia Bier. O evento será open bar e open food, das 11h às 17h e os convidados poderão beber as cervejas diretamente da fábrica, que estará aberta para visitação durante todo o tempo.

A grande atração da festa será o lançamento de uma nova cerveja da Prussia – segredo ainda mantido a sete chaves até o dia da festa – que será servida em formato de chope com outros seis estilos da cervejaria: Pilsen, Pale Ale, Weiss, IPA, Bohemian Pilsner e Red Ale. No quesito comida, preparem-se para o Banquete a Ferro e Fogo, sob os cuidados dos chefs Kiki Ferrari e Júlio Emanuel. Estão inclusos steaks na grelha de chão, assados na cerca e fogo de chão, vegetais assados no rescaldo, comida preparada na plancha à lenha e ainda um especial assado no buraco. As atrações musicais confirmadas são a banda Frances Ha, que toca os grandes hits do Pop Rock e os clássicos que fazem a cabeça do público, e a dupla sertaneja Maycon e Douglas.

Aniversário de 04 anos da Prussia Bier
Data:
 17 de novembro de 2018 – sábado
Horário: das 11h às 17h
Local: fábrica da Prussia
Endereço: Rodovia MG 129, KM1,4 – São Gonçalo Do Rio Abaixo – Minas Gerais
Ingressos: https://socerva.com.br/prussia
Mais informações: (31) 3852-3400
Fotos: divulgação Prussia Bier

Já para quem quer ter uma cerveja própria pode apostar numa receita “cigana”. A CERVEJARIA CIGANA É ALTERNATIVA PARA EXPANSÃO DE ARTESANAIS.  A produção de cervejas especiais aumentou nos últimos tempos. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), houve um crescimento de 37,7% de cervejarias registradas em 2017, em comparação ao ano anterior. O estado com maior número de cervejarias é o Rio Grande do Sul, seguido por São Paulo e Minas Gerais. De acordo com o Sindbebidas, Minas Gerais produz cerca de 1,55 milhão de litros de cerveja. O negócio promete ser próspero, mas o investimento costuma girar em torno de R$ 5 milhões para a montagem de uma fábrica.

Para quem está começando no negócio e não quer arriscar um investimento tão alto – ou não tem a quantia disponível – a opção do momento é o contrato com um fabricante já registrado para a produção da sua receita. “São as chamadas ‘cervejarias ciganas’, que usam os tanques de outra cervejaria para produzir e comercializar seus rótulos no mercado. O investimento é aproximadamente dez vezes inferior se comparado com a fábrica própria, sendo ideal para aquele cervejeiro caseiro que já fabrica suas próprias receitas, mas que não tem os equipamentos necessários para uma produção maior. Além disso, o cervejeiro pode trocar de fábrica a qualquer momento, o que justifica o termo cigano”, explica o advogado do escritório JBL Advocacia e Consultoria, Raphael Boechat.

Diante desse cenário, muitas dúvidas surgem em relação a essa nova modalidade de negócios. O contract brewing (contrato para produção da cerveja) prevê a terceirização das empresas mediante uso das dependências e equipamentos da fábrica. “Esse uso se dá pelo arrendamento dos tonéis, geralmente com capacidade ociosa. Daí ser um contrato vantajoso para o cervejeiro e para o fabricante. Porém, o contrato deve ser bem redigido para evitar desgastes futuros”, ressalta o advogado.

De acordo ele, um bom contract brewing deve apresentar uma cláusula prevendo multa para o caso de quebra de qualquer uma das regras. “É preciso estar atento a detalhes fundamentais para o sucesso do negócio. Depois de escolhida a fábrica e verificada a sua referência no mercado, é necessária a formalização de um contrato detalhado com todas as cláusulas que vão regular os direitos e deveres assumidos, em especial, os termos de confidencialidade das fórmulas como o n.d.a.”, afirma Raphael Boechat.

Ele explica que este tipo de contrato possui diversos pontos sensíveis que deve ser bem estruturado no Memorando de Entendimentos (MOU) e ainda no plano de negócios, como regras de confidencialidade, não competitividade, exclusividade, territorialidade, entre outros, reduzindo-se assim a possibilidade de práticas desleais, anticompetitivas ou prejuízos inesperados.

O advogado lembra que um ponto crucial no contrato é uma cláusula de confiabilidade e sigilo da fórmula da cerveja. “A fabricante terá acesso ao segredo do negócio – um dos pilares do sucesso de qualquer empresário”.

Outro aspecto que deve ser observado é a possibilidade de atrasos no fornecimento e erros na produção, que podem impactar diretamente no plano de negócios. “A previsão de multa não invalida a busca de uma indenização judicial em caso de quebra do contrato, que pode ser punitiva ou compensatória. O valor, geralmente, não pode ultrapassar o montante global do contrato, até para não ensejar um questionamento de enriquecimento ilícito”, diz Raphael Boechat.

Ao optar pela modalidade cigana, o cervejeiro deve elaborar um bom plano de negócios, escolher uma cervejaria e assinar o contrato. A partir daí, é fabricar o rótulo e entrar para o mercado.

E se você ainda não foi a uma   Oktoberfest este ano, a  Hofbräuhaus BH tem a sua marcada para o dia 20 de outubro (sábado) com bebidas e comidas típicas e muita alegria.

Além dos rótulos da Hofbräuhaus, feitos sob o detalhadíssimo critério alemão, a festa receberá cervejarias convidadas e outros estandes de bebidas, no mais tradicional acolhimento mineiro, para agradar a todos os públicos. A parte gastronômica promete delícias típicas como o hot dog Oktoberfest e o hot dog HB, feito especialmente para o evento, do cardápio da própria HB, além de croquete alemão, kassler e joelho de porco e outros petiscos que estarão à venda. A decoração seguirá as cores da HB com detalhes em branco e azul. A seleção musical ainda está sendo finalizada.

Oktoberfest da Hofbräuhaus BH

Data: 20 de outubro de 2018 – sábado

Horário: 10h às 20h

Local: Rua Bernardo Mascarenhas – ao lado do restaurante

Informações: https://www.hofbraubh.com.br

 

Fotos de divulgação

 

Com: @blimabracher

#blimabracher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *