Charutos: saiba quem são as celebridades que amam, as bitolas e marcas mais famosas do mundo

Receitas e Histórias , , , , , , , , ,

Quando atravessou o Atlântico em busca de novas terras e tesouros, Cristóvão Colombo não imaginava que entre seus achados, estariam os charutos. Quando descobriu as ilhas da América Central, o espanhol enviou dois batedores, Rodrigo de Jerez e Luis de Torres, em busca de ouro. Ao invés do metal, os espanhóis encontraram lá outro tipo de ouro, em forma de folhas de tabaco. Os índios nativos usavam o fumo para rituais e festividades. Mas foi na ilha onde hoje se localiza Cuba, mais especificamente, que os nativos fumavam os chamados cohibas, nome dado aos charutos primitivos e que hoje é o nome de uma das marcas mais respeitadas em todo o mundo.

De lá para cá, muita coisa mudou, mas Cuba continua sendo o maior e mais famoso produtor mundial dos charutos. Os fabricados lá são conhecidos como “habanos” ou “puros”. Especialistas atribuem a qualidade superior ao solo e ao clima da ilha caribenha.

Apesar de ter sido o berço da mais antiga fábrica do mundo, a La Habana, inaugurada em 1810, hoje Cuba tem bons concorrentes mundiais de seus produtos: Repúblicsa Dominicana, México, Costa Rica, Indonésia, Filipinas e o Brasil. “Na região do Recôncavo baiano,  são fabricadas boas marcas.De vários formatos, tamanhos e cores, charutos conquistam adeptos entre homens e mulheres, mostrando que, muito além do simples ato de fumar, guardam uma aura de charme e mistério.

Muito mais que o simples ato de fumar, o charuto deve ser degustado. Esta aura de mistério e glamour foi difundida por personalidades mundiais adeptas do ato de degustação, como Fidel Castro, Wiston Churchill, Demi Moore, Sheron Stone, Penélope Cruz ( foto de reprodução), entre outras celebridades. Talvez, por isso, a degustação tenha conquistado adeptos entre homens e mulheres. Mas a etiqueta sugere que a regra de acender os charutos seja diferente para eles e para elas: aos homens é permitido acender o charuto diretamente na boca, já as mulheres devem aquecer a ponta, mantendo distância da chama, até que se obtenha o aquecimento adequado, para só então levá-lo à boca. Confira dicas de compras, armazenamento, bitolas e as marcas mais famosas do mundo.

Como comprar e armazenar?

– Fique de olho na cor: os charutos devem ter sempre a mesma coloração dentro da caixa. São sete as cores principais, dependendo do cultivo das folhas e do preparo, influenciando no sabor :  double claro, ou verde- amarelada; ocre clara; colorado claro ou castanho claro;  colorado ou castanho médio; colorado ou castanho escuro; maduro; e oscuro ou negro.

– O formato deve ser uniforme. As folhas devem estar brilhantes, sem cortes ou rachaduras

– A caixa de madeira também deve apresentar cor uniforme sem manchas ou sinal de fungos ou mofo

– O charuto não pode estar seco. Para testar, retire-o charuto da caixa e aperte ligeiramente. Ele deve voltar facilmente ao formato original

– Sinta o aroma do tabaco, aproximando o charuto há cerca de 30 cm do nariz

– Guarde os charutos longe da luz em excesso e a tempetatura entre 15 e 20 garus Celsius e umidade do ar entre 60% e 70%

– O ideal é guardá-los em caixas forradas de cedro, conhecidas como umidificadores, que devem ser limpos periodicamente com vinagre branco diluído em água, para evitar mofo

Principais bitolas e formatos

Especiales: comprimento entre 23,5 cm e 24 cm e diâmetro em torno de 1,9 cm

Double coronas: comprimento de 19 cm e diâmetro de 2 cm

Churchills: nome dado em homenagem ao ex-primeiro ministro britânico Wiston Churchill. Tem dimensões entre 17 cm e 17,5 cm e diâmetro entre 1,7 cm e 1,9 cm. Tem característica de ser um charuto “masculino”

Coronas: mede de 14cm a 15 cm e tem larguras entre 1,5 cm e 1,7 cm

Gran coronas: mesmo comprimento dos coronas, com diâmetro de até 1,9 cm Londsdales: comprimento de 15 cm e diâmetro de 1,6 cm e 1,7 cm

Robustos:  medem 12 cm e tem largura de 2 cm

Petits: pequenos charutos, medindo 12,5 cm e diâmetro entre 1,6 cm e 1,7 cm

Panetelas:  também chamados de “cigarritos”, medem de 10 cm a 11 cm e tem largura de 1,2 cm. Muito apreciados por mulheres

As marcas mais conhecidas no mundo

Cubanas:

Bolivar
Cohiba
El Rey del Mundo
Fonseca
H. Upman
Hoyo de Monterrey
José L. Piedra
Juan Lopez
La Flor de Cano
Monte Cristo
Partagas
Punch
Quintero
Ramon Alones
Romeo y Julieta
San Cristobal de La Habana
Sancho Panza
Vegas Robain

Nacionais:

Alonso Menendez
Angelina
Aquarius
Brasil Autênticos
Dannemann
Don Pepe
Don Porfírio
Dona Erô
Dona Flor
Josefina
Le Cigar
Mattafina Tabacos
Palomita

Outras nacionalidades:

Agio
Al Capone
Bering
Café creme
Captain Black
Davidoff
Garcia y Vega
Grenadier
Hava Tampa
Henri Wintermans
J. Middleton
King Edward
La Paz
Phillies
Ritmeester
Robert Burns
Schimmelpenninck
Swisher
Tampa Nugget
Villiger
Willem II

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *