Festa da Santa Cruz celebra projeto de restauro do antigo Cruzeiro em Ouro Preto

Eventos , , ,

Para comemorar o projeto de restauração do Cruzeiro da Barra em Ouro Preto, que há mais de três anos, encontra-se com os dois braços danificados e em estado de abandono, a secretaria de cultura da cidade anunciou uma serie de eventos neste fim de semana.

Segundo Zaqueu Astoni Moreira, secretário de Cultura e Patrimônio, o Cruzeiro da Barra tem uma grande representatividade para o município, pois naquele local ficava a Coluna Saldanha Marinho, primeiro monumento em homenagem aos Inconfidentes, que atualmente encontra-se instalada na Praça da Estação. Além disso, o cruzeiro é de autoria do professor Osmar Alves e Mestre Raimundo Pereira, constituída pelo material cantaria, espécie de rocha bruta. “Diante desta importância histórica, era importante pensarmos em ações que pudessem revitalizar o local”, explica.

O mestre canteiro Edniz José Reis será o responsável pela restauração e reprodução das peças danificadas. Além disso, será realizada a limpeza, higienização e revitalização do Cruzeiro. Outra medida proposta pela Secretaria de Cultura e Patrimônio é o monitoramento junto à Policia Militar e Civil para que a atenção seja redobrada, evitando assim novos crimes de vandalismos contra o patrimônio. Nesta sexta-feira, dia 28 de julho, inicia-se a Festa de Santa Cruz da Barra.

O evento será realizado na Barra, com entrada gratuita e aberta a toda comunidade. Confira a programação:

Dia 28 / Sexta-feira

20h – Show do Grupo Viola e Folia

22h – Show com Paquinha e Dionísio

Dia 29 / Sábado

19h – Procissão da Bandeira de Santa Cruz e cortejo com a Banda Bom Jesus de Matozinhos

21h – Retreta Sociedade Musical Bom Jesus de Matozinhos

21h30 – Show Banda Abalô

Dia 30 / Domingo

16h – Apresentação do Zé Pereiria Mirim

18h – Apresentação da Quadrilha Pé Moleque

21h – Apresentação do Grupo Sereno

One thought on “Festa da Santa Cruz celebra projeto de restauro do antigo Cruzeiro em Ouro Preto

  1. Parabéns pelo restauro de peça tão importante na história de Ouro Preto. Mas para que festa ? Seria mais lógico usar o dinheiro gasto para comprar gaze para curativos que está em falta, algodão que falta até para aplicar vacinas, fraldas, leite e lenços umedecidos que sumiram das creches, e outra coisas básica mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *