Lu Oliveira abre o Assim Doce no Santa Efigênia, com segredos herdados de família

É Top , , , , , ,

Novinho em folha, O Assim, Doce, no Santa Efigênia, é um espaço gastronômico com cafeteria e confeitaria, com infra-estrutura também para realização de coffee-break, happy hour, eventos empresariais e culturais.

Com decoração que mescla o rústico e o moderno, a casa tem capacidade para 80 pessoas, conta com cozinha show envidraçada, que permite aos clientes acompanharem a produção, e jardim de inverno.

Todos os itens da confeitaria são de fabricação própria e artesanal com produtos saudáveis, entre eles hortaliças e farinha integral, e ingredientes selecionados. Uma das atrações no balcão é o “festival de brigadeiros gourmet”, feitos com chocolate belga e em diferentes sabores , como leite ninho com Nutella, limão siciliano e churros. O brownie abundante em gotas de chocolate, uma releitura da receita do chef confeiteiro Lucas Corazza, é outra delícia servida na casa.

Quanto aos salgados, há opções de tortas de frango, quiches de alho-porro, tomate seco, ricota e manjericão e abacaxi com provolone. As empadas são destaque com recheios de frango, camarão e carne seca com catupiry. Além de lanchar na casa, os clientes podem levar os produtos congelados para casa.

Os bolos são um capítulo à parte, vêm em mais de 20 sabores, como pistache, com pera e chocolate, de cenoura com cobertura de chocolate, iogurte com geleia de morango e com especiarias. O pão de queijo leva três tipos de queijos: canastra, provolone e parmesão. A Assim, Doce também produz bolos para festas. Destaque o naked cake ou bolo pelado, que virou tendência nas celebrações.

A casa é uma das poucas de Belo Horizonte que serve o Café Fazenda Pessegueiro, de Mococa, São Paulo, na divisa com Minas Gerais, que se sobressai pelo sabor e a produção artesanal e sustentável. Os grãos são cultivados, colhidos e processados na mesma propriedade, desde 1870, pela sexta geração da família de fazendeiros. A implantação da cafeteria contou com a supervisão da premiada barista Alda Barrroso. E para acompanhar o cafezinho há opções de biscoitos caseiros. O destaque vai para o delicioso biscoito de creme de leite, cookies e sequilhos de coco.

Quem está à frente do empreendimento é a chef e proprietária Lu Oliveira (foto), pedagoga que há um ano e meio decidiu trocar o trabalho com adolescentes em um conceituado colégio de Belo Horizonte pela gastronomia. “Amo cozinhar e queria ficar mais perto dos meus filhos e por isso comecei a trabalhar em casa atendendo aos pedidos”, recorda Lu, que, devido ao sucesso da produção, acabou abrindo as portas da Assim, Doce. Ela conta que tudo começou ao receber amigos em casa e encantá-los com quitutes e doces que saíam da sua cozinha. “ Herdei o dom da minha mãe que até hoje mantém um fogão a lenha e adora reunir a família com 6 filhos em torno de uma boa mesa”, conta.

Anota aí:
Assim, Doce – Espaço Gastronômico
Endereço: Rua Padre Rolim, 100 – Santa Efigênia
Horário de funcionamento:
Das 7h30 às 19 horas de segunda à sexta-feira
Das 9 às 12h30 aos sábados, dia em que é servido café da manhã.
Site: www.assimdoce.com.br

Com:

#blimabracher
@blimabracher

One thought on “Lu Oliveira abre o Assim Doce no Santa Efigênia, com segredos herdados de família

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *