Drink a beer, baby. O que há de novo no mercado mineiro

É Top , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Já imaginou brindar o ano com uma cerveja mineira premiada, ou surpreender seu crush ou  amigo oculto com uma marca genuinamente produzida aqui? Minas é um celeiro de boas cervejas, tanto que o estado já ganhou a alcunha de Bélgica Mineira. Também tem apostas nas datas comemorativas, como os 120 anos de BH em edição limitada.

E, prova de que somos mesmo bons na fabricação desta paixão nacional, é que nossas mineirinhas tem feito bonito nas copas internacionais, ganhando prêmios em sabor, design e originalidade.

Nada mais top e surpreendente que dar de presente de Natal uma dessas marcas que se destacaram lá fora. Ou , quem sabe brindar o Ano Novo com um sabor inusitado? O que não faltam são boas opções.

Outra boa pedida são os deliverys para regar bem as festas de fim de ano.  As cervejarias já apostam num aumento de 40 % nas vendas por conta das confraternizações entre amigos e nas empresas.

A opção se mostra ainda mais saborosa por causa do calor, característico desta época do ano.

Vamos conhecer mais as boas cervejas fabricadas em Minas:

  •  Austen Bier – Localizada em Vespasiano, a Austen, produz três tipos de chope (pilsen, amber lager e stout) para atender o mercado de Belo Horizonte. Durante as festas, suas vendas têm um crescimento de 40% e as expectativas para este ano são bem promissoras.  O nome é uma homenagem à aclamada escritora inglesa Jane Austen, que comemora em 2017 os 200 anos de sua morte e ainda é tão popular e atual.Além dos chopes,  produzem três rótulos – Pilsen, Amber Lager e American IPA – e já têm outros três para serem lançados em breve: American Pale Ale e Weiss.Austen:AV 02, Parque Norte – VespasianoTelefone: (31) 3629-2745Chopp: (31) 99966-9270Na foto abaixo, Sércio de Paula, sócio da Austen – Crédito: Edy Fernandes.

 

 

  • Loba:  a cervejaria Loba, fabricada em Santana dos Montes, prevê um aumento de 30% nas vendas nesta reta final de 2017, com a distribuição para a região metropolitana de Belo Horizonte e cidades do interior como Conselheiro Lafaiete, Barbacena, Juiz de Fora, São João Del Rey e Tiradentes.

Rodeada pela Serra do Espinhaço, a pequena cidade de Santana dos Montes localiza-se há 130 quilômetros de Belo Horizonte, fica na junção do Cerrado com a Mata Atlântica e possui diversos córregos, cachoeiras, corredeiras e matas fechadas que compõem um cenário de natureza exuberante e tranquila beleza em plena Estrada Real.

Inserida nesse cenário idílico, está a Fazenda Guarará, responsável pela produção de leite, vinho, grãos, e também cerveja artesanal. A fábrica da Cervejaria Loba, que recebeu este nome em homenagem aos lobos guará da região, está instalada em uma área de cinco mil metros quadrados dentro da fazenda que inclui todos os tanques para produção, almoxarifado, expedição, e também um bar e loja de souvenirs.

A Loba possui hoje 18 rótulos de cerveja e entre eles está a premiada Strong Scotch Ale, com notas de malte torrado e defumado e 9% de teor alcoólico, medalhista no Concurso Brasileiro das Cervejas, em Blumenau em 2017 e na Copa Cervezas de América, em 2016, no Chile. Os novíssimos lançamentos da marca são a session IPA Delatora, em alusão ao momento político vivido pelo país, e a quadrupel Cabulosa.

Aos sábados e domingos, a cervejaria abre suas portas para visitação a partir das 11h para que os turistas possam conhecer mais sobre o processo de fabricação de uma cerveja artesanal e também degustar os diferentes estilos oferecidos. “As pessoas podem agendar as visitas pelo telefone ou chegar nos horários programados: nos finais de semana, de 11 h às 16h. Também abrimos nosso bar da fábrica às sextas à tarde para degustação de petiscos e cervejas”, esclarece o proprietário, Aloísio Rodrigues Pereira.

E a Loba  English Barleywine  acaba de ganhar a medalha de bronze da Copa Cervezas de América 2017, realizada na cidade de Santiago (Chile), de 16 a 22 de outubro. A cerveja possui um sabor maltoso, forte, intenso, complexo, com várias camadas de notas que remetem a pão e biscoito até as que lembram nozes, torrada escura, caramelo escuro, toffee e/ou melado.

Cervejaria Loba

Fazenda Guarará – zona rural de Santana dos Montes/ MG

Telefones para agendamento das visitas: (31) 3814-0858/9 9558-5878/(31)3726-1207

www.cervejarialoba.com.br

Abaixo, a Loba, fotografada por Daniel Mansur

 

  • Siberiana Bier – Outra cervejaria que começou pequena, mas que vem surpreendendo pela excelência, sabor, qualidade no preparo e ingredientes é a Siberiana, fabricada em Oliveira,  município  localizado a 150 quilômetros a sudoeste de Belo Horizonte. A Siberiana Bier já produz 5 estilos diferentes, com matéria prima selecionada, garantindo a qualidade dos seus rótulos:  Siberiana Bier Pale Ale,  Siberiana Bier Summer, Siberiana Bier Porter, Siberiana Bier Amber Ale e · Siberiana Bier Weiss. Os sócios são Wendel Mesquita e Rodrigo e Bruno Lobato.. www.siberianabier.com.br

 

 

  • Verace:A cervejaria abriu suas portas no Jardim Canadá em agosto de 2016, consolidada a partir de um projeto detalhado e extremamente bem posicionado no mercado mineiro de cervejas artesanais. Após cursos, estudos e muito planejamento, nasceu a Verace, cujo nome é uma derivação da expressão latina VERA CERVISIAM, que significa “a Verdadeira Cerveja”. Com uma capacidade de produção de até dois milhões de litros por ano, a Verace acaba de realizar sua segunda expansão, o que representa um crescimento de 83% em capacidade instalada de fermentadores.Um dos grandes pilares da cervejaria é a alta tecnologia usada nos processos de fabricação, acima da média usual em outras cervejarias, e que garante a qualidade das cervejas fabricadas na Verace. Inclusive, o próprio mestre cervejeiro e sócio da fábrica, Túlio Silva, engenheiro mecânico de formação, foi o responsável direto pela elaboração e desenvolvimento dos projetos da cervejaria, para assegurar a capacidade técnica dos equipamentos, que possibilitam o desenvolvimento de produtos de excelência.A Cervejaria Verace que acaba de ser reconhecida como melhor cerveja brasileira, na Copa Cervezas de América no Chile, e conquistou 3 medalhas importantes nesse evento, lança sua primeira cerveja de guarda: a Oroboro. Segundo um dos proprietários, Alessandro Fontenelle, a nova cerveja veio para ser um destaque no mercado. “Pensamos muito sobre o que fazer nesse lançamento, mas, o que queríamos era causar uma surpresa. É uma cerveja de guarda, que foi elaborada com todo cuidado para ser lançada. A Verace pensa em cada detalhe nas suas cervejas.” comenta Alessandro.A Oroboro é uma cerveja do estilo Belgian Style Dark Strong Ale. Tem coloração marrom acastanhada, notas frutadas condimentadas intensas e equilibradas no sabor e aroma. Possui 9% de teor alcóolico e 19,3 de IBU (nível de amargor). Pode ser harmonizada, por exemplo, com queijos azuis ou sobremesas a base de chocolate. Sua embalagem é de 300 ml.Túlio Silva, mestre cervejeiro da Verace, se orgulha ao falar da cerveja. “Como o responsável pelas receitas da Verace, é um orgulho muito grande, quando vemos algo em que dedicamos ser lançado no mercado com uma aceitação tão boa. A Oroboro foi toda pensada, desde o seu rótulo até os detalhes do lançamento, e estamos muito felizes com o resultado obtido. É a primeira cerveja de guarda da Verace e veio para ficar”.

    O nome Oroboro significa “constante evolução”, ou seja, um convite a uma experiência que leva a sabores inebriantes e à expectativa de sempre poder se reinventar, renascer. A cobra mordendo o próprio rabo no rótulo simboliza a eternidade. Ou seja, a cerveja conseguiu sintetizar tudo o que foi pensado para ela e a Verace deixa no ar uma interrogação de que mais novidades vão surgir!

    A American Brown Ale Django, também da Cervejaria Verace, foi  premiada com a medalha de bronze no Brussels Beer Challenge 2017, na categoria Dark Ale – Brown Ale. A Django é uma American Brown Ale bem ao estilo do Velho Oeste, segundo seus criadores. Possui 31 IBUs, 5,8% de teor alcoólico e um delicioso e equilibrado aroma de café e chocolate amargo, com um leve toque de mel, excepcionalmente complementado pela presença marcante dos lúpulos americanos cítricos e frutados, o que lhe confere uma característica única e ousada.

     

    OROBORO

    Cervejaria Verace –  Av. Canadá, 212

    Mestre Cervejeiro: Túlio Silva

    Informações: www.cervejariaverace.com.br

    Cerveja Oroboro, da Verace. Foto de divulgação.

 

 

  • Dünn: A Dünn Cervejaria também é loja e distribuidora de cervejas, equipamentos e insumos e está localizada no Mercado Central. Uma de suas missões é o desenvolvimento e valorização da cerveja artesanal mineira e a produção de cervejas de máxima qualidade.A empresa já tinha realizado cursos anteriormente, mas repaginou todo o conteúdo e convidou novos cervejeiros para relançar a iniciativa para quem deseja entrar no mundo da cerveja artesanal. Os sócios da Dünn são os amigos e cervejeiros José Nilson de Faria e Macoud Rademacker Patrocínio. A casa sempre oferece cursos de Produção de Cervejas Artesanais ministrados pelo renomado Mestre Cervejeiro e professor Carlos Henrique de Faria Vasconcelos. Ele é mestre cervejeiro da Hofbräuhaus Belo Horizonte, Sommelier de Cervejas, pós-graduado em Tecnologia Cervejeira e professor universitário de cervejas e enologia.

Dünn – Mercado Central – Avenida Augusto de Lima 744 – Centro – Belo Horizonte/MG

Mais informações: (31) 3274-9600

Telefone do Delivery: (31) 3274-9602

http://www.dunncervejaria.com.br/

Abaixo, Macoud Patrocínio, sócio da  Dünn. Crédito: Divulgação/Primeiro Plano

 

 

  • Backer – A Cervejaria Backer, uma das mais tradicionais do estado  está lançando um produto especialmente criado para homenagear os 120 anos de Belo Horizonte: a Belorizontina, uma cerveja estilo Lager, edição limitada. Foram produzidos 10 mil litros.

Segundo Paula Lebbos, diretora de Marketing da cervejaria, a Backer que é uma das cervejarias artesanais pioneiras tanto em Minas quanto no Brasil, não poderia deixar de fazer uma homenagem à capital mineira. “Tivemos um carinho muito grande para fazer esse lançamento. Mais uma vez, a Backer que tem prezado pelo conceito de artesanal, independente e mineira não poderia deixar de registrar esse momento de comemoração da nossa cidade”, afirma Paula.

A Belorizontina se encaixa no estilo Pilsen, com Dry Hopping de lúpulos franceses, sendo uma cerveja de baixa fermentação, coloração amarelo claro, translúcida, de espuma branca, farta e persistente, de baixo amargor e excelente drinkability, que a torna especial.

O mestre-cervejeiro da Backer, Sandro Duarte, dispensou uma atenção especial nessa receita. “Para essa grande homenagem à nossa terra natal, busquei lúpulos  nobres e raros, de origem francesa, Aramis e  Triskel,  que possuem características únicas tanto de ervas,  flores e aromas cítricos. Todo esse buquet lupulado, juntamente com seu frescor, torna essa cerveja um presente para o verão brasileiro. Com certeza é uma cerveja para acompanhar um belo dia de sol, ou com os amigos no barzinho. Um brinde à nossa querida Belo Horizonte”, explica Duarte.

Backer

Localização da fábrica: Rua Santa Rita, 220 – bairro Olhos D’ Água – Belo Horizonte/MG

Mestre-cervejeiro: Sandro Duarte

Delivery: (31) 3228-8888 – Sitewww.cervejariabacker.com.br

Belorizontina, da Backer, comemorativa dos 120 anos de BH. Imagem de divulgação

  •  Wäls- das mais conceituadas cervejarias mineiras, a Wäls, acaba de ganhar o prêmio máximo do Brussels Beer Challenge, com sua Wäls Brut ( Foto, de divulgação,  em destaque)

A cervejaria mineira Wäls acaba de conquistar mais uma importante premiação mundial. Após vencer o World Beer Awards deste ano na categoria Biére Brut , a cerveja Wäls Brut foi prestigiada com a medalha de ouro no Brussels Beer Challenge, a primeira e uma das mais importantes competições de cerveja profissional da Bélgica.

“Para todo o time da Wäls é uma honra ser reconhecido pelos belgas com a nossa Wäls Brut em um estilo no qual eles são referência. A premiação ajuda a fortalecer ainda mais o mercado cervejeiro do Brasil para o mundo todo”, celebra Tiago Carneiro, sócio fundador da Wäls.

Elaborada com levedura de champagne no estilo Biére Brut, a cerveja Wäls Brut tem como diferencial o método champenoise de refermentação na própria garrafa, o mesmo usado na produção dos champagnes – técnica originária da França e que ganhou o mundo graças aos belgas. As garrafas passam 12 meses em caves durante parte do processo, criando uma bebida rica em aromas, com notas frutadas, viníficas e de especiarias.

Os rótulos Wäls Dubbel e X Wäls também receberam medalhas na competição. O primeiro levou prata na categoria Dark Ale e o segundo, bronze na Larger.

Criado em 2012 em resposta ao crescente interesse pela cultura cervejeira, o Brussels Beer Challenge, é a primeira competição de cerveja profissional na Bélgica, e se tornou uma das mais importantes e prestigiadas competições do mundo. Durante três dias, um painel com 80 especialistas  de renome internacional julgou mais de mil cervejas de todos os cantos do mundo.

Clique aqui se você não for redirecionado em alguns segundos.

Wäls

R. Padre Leopoldo Mertens, 1460 – São Francisco, Belo Horizonte – MG, 31255-200 http://www.wals.com.br

  • Krug Bier –  Há vinte anos no Jardim Canadá, a Krug é uma das pioneiras no estado, com Herwig Gangl à frente deste império cervejeiro.  Desde que foi criada, a marca cresceu e se desenvolveu, mudando- se para o Jardim Canadá (Nova Lima) e também criou produtos diferenciados para os paladares mais exigentes como a linha Áustria (com sete rótulos), a linha Expressionista (também com sete rótulos, tendo a primeira cerveja sem glúten de Minas, a Submissão) e a linha Rock (Skank Pilsen, Skank Altbier e Tianastácia – Golden Ale), além da 1599 e a Midsummer Night’s Dream e dos chopes.Em 2017, a  Krug Bier foi premiadas no World Beer Awards 2017 com as cervejas Skank Altbier e Submissão venceram nas categorias Pale Beer Altbier e Speciality Beer Gluten-Free. O World Beer Awards 2017, é uma das premiações mais importantes do mundo cervejeiro em todo o globo. As cervejas Skank Altbier e Submissão foram eleitas as melhores do Brasil em seus respectivos estilos. Os vencedores foram anunciados ) em Londres.A Skank Altbier é uma cerveja de alta fermentação típica de Düsseldorf, Alemanha. Possui um tom acobreado e límpido, além de seu amargor marcante equilibrado por um caráter de malte único. Já a Submissão é uma Session IPA sem glúten, com a dição de tamarindo, leve, com baixo teor alcoólico (3,9%), baixo conteúdo energético, baixo corpo, bem aromática, mas com alto drinkability. Foi lançada agora 2017.Um dos maiores responsáveis por essas conquistas é o mestre cervejeiro Alfredo Figueiredo. Ele é um dos nomes de peso hoje na Krug Bier e o responsável por muitas receitas de sucesso da marca como os rótulos da linha Expressionista, incluindo a Submissão. É engenheiro metalurgista por formação e mestre em ciência dos materiais. É um dos cervejeiros mais experientes e conceituados no mercado cervejeiro brasileiro.O World Beer Awards é uma premiação global que seleciona as melhores cervejas em diferentes categorias. Para que aconteça, primeiro são realizadas premiações continentais (Europa, Ásia, América), com cada região selecionando os rótulos vencedores de cada estilo. Os julgamentos são feitos por meio dos famosos testes cegos, realizados com experts vendados. E a partir da seleção dos melhores de cada região do globo, ocorre a etapa final na qual os vencedores de cada continente são testados novamente, uns contra os outros. Do resultado do embate internacional revelam-se as melhores cervejas do mundo.Estes prêmios tornam o ano de 2017 ainda mais especial para a cervejaria, pois é quando a Krug Bier comemora seu 20º aniversário. A empresa abriu as portas no bairro Belvedere, em Belo Horizonte, no ano de 1997, com receitas tradicionais austríacas e total respeito às leis de pureza da Baviera. Era a primeira cervejaria artesanal de Minas Gerais e apresentava um produto novo e ainda desconhecido pelo público.A Krug foi ainda premiada pelo rótulo da “Inocência”, pela excelência gráfica em Inovação. Este foi o prêmio conquistado pela Krug Bier e a Ready do Brasil durante a realização da Labelexpo Europe 2017, em Bruxelas (Bélgica). A maior feira do mundo do setor selecionou o rótulo da cerveja Tripel “Inocência”, da linha Expressionista da Krug Bier, como a melhor entre outros 2.000 competidores em todo o globo.

A agência Ready do Brasil, localizada em Contagem, é a responsável pela produção dos rótulos da Krug Bier. Ele foi criado pela designer Marina Figueiredo, baseado na ilustração do artista Rafael Resende. Os diretores da agência receberam das mãos dos organizadores e responsáveis o prêmio na categoria UV Flexo Process, que é patrocinado pelo Flint Group Narrow Web, empresa alemã fabricante de tintas. “Esta vitória acrescenta mais alegria e brindes às comemorações de 20 anos da cervejaria e será celebrada por todos que fazem história conosco”, celebra Herwig Gangl, sócio da cervejaria.

Krug Bier

Rua Alaska, 115A – Jardim Canadá

www.krug.com.br

(31) 3507.0777.  Krug Submissão, da linha Expressionista – a primeira sem glúten do estado. Foto de divulgação

 

  •  Centro Cervejeiro Lamas BH – o espaço para eventos e confraternizações empresariais já está com a agenda quase lotada. A casa oferece pacotes especiais para happy hour, incluindo chopes e petiscos da casa. Os valores variam a partir de R$ 50 por pessoa.  Em uma das lojas do Centro Cervejeiro, o Lamas Brew Shop, já é possível sentir também o movimento de pessoas que querem fazer sua receita especial de cerveja para as festas de final de ano. De acordo com o empresário e cervejeiro José Bento Valias Vargas, a dica é produzir uma barley wine inglesa ou americana, com especiarias e aroma frutado, para acompanhar o cardápio.

    Lamas Brew Shop BH promove nos próximos dias 01 e 02 de dezembro, dois cursos especiais para os cervejeiros de plantão: o Workshop Beer Smith e o Curso Envase e Carbonatação de Cervejas. Os cursos serão ministrados pelo cervejeiro José Bento Valias Vargas, sócio do Lamas Brew Shop e fundador da Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (Acerva Mineira).

    Na sexta-feira, o Workshop Beer Smith apresentará todas as configurações e curiosidades sobre um dos programa mais usados pelos cervejeiros caseiros para elaboração de receitas. O curso irá abordar desde o setup de equipamento até dicas de mosturação, fermentação, starter e propagação de leveduras, reaproveitamento, carbonatação, controle de custo e estoque, entre outras ferramentas do Beer Smith. O investimento é de R$ 75, sendo necessário conhecimentos básicos de fabricação de cerveja em casa.
    Já no sábado é a vez do Curso Envase e Carbonatação de Cervejas, que apresentará na prática o que é a carbonatação e todas as etapas por estilo. José Bento irá demonstrar os principais métodos de envase, como por exemplo o método “Enchedor de Contra-Pressão”, para envase direto de barril, sem uso de primming. O investimento é de R$ 350.
    Ambos os cursos acontecerão na unidade do Lamas Brew Shop BH (Rua Gonçalves Dias, 1754, Lourdes) e as vagas são limitadas. Inscrições pelo site: www.lamasbrewshop.com.br.

Centro Cervejeiro Lamas BH (Lamas Brew Shop e Confraria do Malte)

Endereço: Rua Gonçalves Dias, 1754 – Lourdes – Belo Horizonte / MG

Horário de funcionamento: De Ter a Sex, de 10h às 20h; Sáb, de 9h às 15h

Telefone: (31) 2526-5077 – Lamas Brew Shop

Telefone: (31) 3245-5077 – Confraria do Malte

Foto de divulgação

 

  • Fosfato – Agência de design mineira recebe prêmio mundial no setor cervejeiro

O processo criativo mineiro ganha destaque mais uma vez, não só como produtor de cervejas, mas como design de rótulos. . Agora é o momento da Fosfato, agência de design sediada em Belo Horizonte, que junto com a Novo Brazil Brewing, acaba de receber três medalhas de ouro no World Beer Awards (WBA), um dos maiores concursos mundiais do setor cervejeiro, que conta com a participação de todas as grandes companhias de cerveja do mundo. A Fosfato planejou e criou todo o brand da Novo Brazil Brewing Co, cervejaria americana, instalada em Chula Vista, na Califórnia, EUA. Os rótulos criados pela Fosfato receberam medalha de ouro como o melhor design do mundo e dos EUA, em 2017, e foi a primeira vez que a agência entrou na competição. A Fosfato lançou mão de uma implosão de cores, referências da fauna e flora do Brasil e menções a artistas plásticos como Volpi, Romero Brito e Beatriz Milhazes. Dos traços marcantes surgiram os rótulos das latas das cervejas Otay e Ipanema e do traço feito à mão, a ilustração para a garrafa Corvo Negro. O serviço de brand foi completo, desde a marca, conceito, embalagens, rótulos, placas e painéis internos, que decoram e dão personalidade à fábrica e produtos licenciados como camisas, copos e bolachas.

A Fosfato já imprimiu sua competência criativa em outros projetos do segmento cervejeiro. Ela éresponsável pela criação do nome Wäls, da primeira marca e do conceito da atual, tendo desenvolvido os principais rótulos da cervejaria. Inclusive, o rótulo da Wäls Dubbel, eleita a melhor cerveja do mundo em 2014. Os rótulos mais recentes são a Couvert Carneiro e a Wäls Evita. A empresa tem atuação relevante nos segmentos de saúde, hotelaria e restaurantes, indústrias e construtoras. Ao longo dos 22 anos de atuação, a Fosfato se consolidou no mercado como agência de publicidade, design gráfico e hoje é uma das principais produtoras de Apresentações Digitais de Minas Gerais.

Ficha técnica:

Direção de Criação: Afrânio Silveira

Briefing: Miguel carneiro

Direção de arte e Ilustrações: Diogo Pavan

Design Gráfico: Renato Mendes

Finalização: Adalberto de Paula

Tráfego: Patrícia Viana

Aprovação: Miguel Carneiro e Eduardo Pentagna

Na foto de divulgação da equipe Fosfato, da esquerda pra direita, Fernanda Ferraz, Patricia Viana, Lucas Mendes, Afrânio Silveira (ao centro), Adalberto de Paula, Renato Mendes, Isabela Marques, Ana Magni e Cristiano Medeirose os rótulos premiados.

 

 

Com:

#blimabracher
@blimabracher

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *