Rex Bibendi apresenta carta de queijos mineiros em noite especial

Agenda Cultural, Em Belo Horizonte , , , , , ,

A anfitriã Dulce Ribeiro (leia-se Rex Bibendi),  convidou o expert Eduardo Tristão Girão (foto em destaque) para fazer a curadoria de novos oito queijos mineiros na carta da casa, que antes trabalhava apenas com importados.

Os escolhidos por Girão foram:

  • Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra, de São Roque de Minas (MG) , produzidos por Pingo de Amor
  • Queijo do reino, de Antônio Carlos (MG), produzido por Président
  • Queijo Mantiqueira de Minas, de Airuoca(MG) , produzido por Goa
  • Terruá Imperial, de Barbacena (MG), produzido por Rancho das Vertentes
  • Boursin de Ovelha, de Itabirito (MG), produzido por  Fazenda da Ovelha
  • Queijo Azul de Minas, de Cruzília (MG), produzido por Cruzília
  • Queijo Minas Artesanal de Araxá, de Sacramento (MG), produzido por Senzala
  • Manoel, de Cruzeiro de Fortaleza e Belo Horizonte (MG), produzido por Casquinha

A seleção de três dessas delícias sai a R$ 45, para degustação junto à carta de vinhos da casa

A noite foi regada a vinhos da vinícula chilena Chateau Los Boldos

A casa fica na Rua Antônio de Albuquerque, 917, Savassi

 

Convite e divulgação: César Ferraz

Acima: Paulo Navarro, César Ferraz e Dulce Ribeiro

Acima: Ricardo Correia de Araújo e Blima Bracher

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *